Google+ Followers

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Movimento Sindical de todo o Brasil, Lamenta a Morte do companheiro Antônio Mendes, presidente da Apar

antonbCComunicamos o falecimento do companheiro presidente da Apar (Associação dos Papeleiros Aposentados de Mogi das Cruzes e Região)  Antônio Mendes Ferreira. Ele encontrava-se internado no Hospital Sepaco há cerca de um mês. A morte ocorreu na tarde de ontem, 17 de julho. O velório e o enterro deverão ser realizados  em Mogi das Cruzes.
 O velório está sendo realizado na Igreja Aba Pai, localizada na Rua Benedito Rodrigues de Souza, 435 Jundiapeba , onde o corpo permanecerá até às 15h30min, quando será levado para o sepultamento no Cemitério  da Saudade, que fica na  Rua Capitão Joaquim de Mello Freire, 900, em Braz Cubas,  Mogi das Cruzes.
 História de luta
Antônio Mendes Ferreira começou sua militância  sindical ainda no tempo em que trabalhava como metalúrgico no ABC, no final da década de 40,  ocasião em que integrava também o Partido Comunista Brasileiro (PCB).
Mineiro de Cataguazes, ele nasceu em 17 de setembro de 1930. Veio para a região de Mogi das Cruzes no final da década de 50, onde trabalhou na Suzano Papel e Celulose por 27 anos.
Ele integrou a  direção do Sindicato dos Papeleiros , a partir de  1990, depois, como aposentado, foi convidado participou  da então nascente Apar.
A Associação foi fundada no dia 23 de outubro de 1990, sendo inicialmente comandada por uma Comissão Provisória. Em 1993 foi realizada a primeira eleição. Desde então, Antônio Mendes e outros companheiros e companheiras dedicou seus esforços para organizar os aposentados e aposentadas e pensionistas da categoria.
 Momentos de luta de Antônio Mendes : Foto 1 , Comício na Suzano Papel e Celulose Escritório Central; Foto 2 Caminhada dos Papeleiros aposentados em defesa do Sepaco; Foto 3 – Abraço ao Hospital Sepaco;Foto 4 – Com a direção da Apar
Com Informações do SINAP
Resultado de imagem para lutoA Diretoria do Sintracel, manifesta sua tristeza pela partida do Companheiro Antonio Mendes Ferreira, por toda sua história de luta em favor dos trabalhadores, mesmo aposentado, na qualidade de presidente da APAR, sua presença e participação eram imprescindíveis nos congressos do SINAP. A sua história de Luta serve como referência para todos nós, que lamentamos a partida precoce do Grande Companheiro, que vai mais deixa saudades! 
Do Editor