Google+ Followers

sábado, 1 de agosto de 2015

Justiça determina que empresa pague o valor de R$ 300 mil por indenização à trabalhadora atacada por onça





Foi fixado em R$ 300 mil pela 1ª Turma do TST o valor da indenização por dano moral a uma auxiliar de serviços gerais atacada por uma onça em mina de exploração de ouro da Vale S.A. em Carajás, no Pará. Em processo distinto, a colega da trabalhadora atacada pela onça também será indenizada em R$ 1 mil por danos morais. Além de testemunhar o brutal ataque, lançou-se a esforço físico para evitar que a onça arrastasse sua colega para a mata salvando sua vida. 
Fonte: www.tst.jus.br (RR-834-85.2012.5.08.0114 e RR-2319-84.2012.5.08.0126)


Via: Revista Proteção