Google+ Followers

quarta-feira, 12 de março de 2014

Mais de 200 funcionários são hospitalizados após intoxicação


Reprodução TV Sergipe
 Fonte: G1 

Aracaju/SE - Funcionários de construtoras de Aracaju foram atendidos na terça-feira (11), no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) com suspeita de intoxicação alimentar após passarem mal na segunda-feira (10).

A informação da assessoria do Huse é que mais de 200 funcionários de seis construtoras foram hospitalizados após almoçarem. Segundo os médicos, o quadro dos intoxicados apresentou diarreia, dor de cabeça, febre e vômito. Por causa do episódio, a direção do hospital inaugurou o setor de catástrofe da unidade.

A coordenadora do pronto socorro, Lícia Diniz, informou que todos estão sendo medicados através de soro. "A gente fez a soroterapia e alguns estão recebendo tratamento com antibiótico".

Ainda de acordo com a coordenadora, ainda não se sabe qual é bactéria que ocasionou a intoxicação. "A vigilância epidemiológica está colhendo material para descobrir a bactéria".

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Raimundo Reis, informou que apenas uma empresa de alimentações fornece a refeição para todas as construtoras.

De acordo com coordenador da Vigilância Sanitária, Avio Britto durante fiscalização na empresa responsável pela alimentação ficou constatado que ela não possui licença sanitária municipal. Além de ter sito observado problemas relacionados à estrutura do local.

O advogado da empresa que fornece a alimentação para os funcionários das construtoras, José Alves Santana de Oliveira, disse que ainda não há a comprovação que a intoxicação foi provocada pela comida preparada por ela. Mas informou que alguns alimentos e água foram enviados para um laboratório para análise para saber se o problema teve origem na alimentação. O advogado disse ainda que a empresa possui alvará e licença sanitária.