Google+ Followers

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Amapá participa de debate sobre Sistema Único de Trabalho

politica4-3 fatima
A reestruturação da Rede Sine em todo o país ganha cada vez mais força. A apresentação e aprovação do texto-base para criação do Sistema Único de Trabalho (SUT), que será encaminhado ao Congresso Nacional, foram discutidos nessa quarta-feira, 14, em Brasília, na reunião extraordinária do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho (Fonset). Pelo Amapá, estiveram presentes a presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Rede Sine, deputada federal, Fátima Pelaes (foto), e o secretário de trabalho e empreendedorismo, Sivaldo Brito, vice-presidente do Fonset.
“É mais um passo importante que estamos dando. A Frente Parlamentar foi criada para articular politicamente a tramitação e aprovação do projeto de lei que dispõe sobre a organização do Sistema Nacional de Emprego e institui o SUT”, explicou a presidente da Frente Parlamentar.
Na condição de secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo e vice-presidente do Fonset, Sivaldo Brito foi otimista quanto às mudanças positivas em benefício do Sine e do trabalhador.
“Um dos grandes desafios é criar um modelo de gestão que atenda as demandas dos estados. O novo modelo tem que tem uma dinâmica de funcionamento parecido com a do SUS, ou seja, as unidades do Sine têm que atender as necessidades de cada localidade. Temos que reestruturar os Sines com a modernização dos equipamentos, qualificação dos colaboradores e um atendimento de excelência ao trabalhador e empresas", avaliou Sivaldo Brito
Pelo projeto de lei, o Sistema Único do Trabalho (SUT) tem como atribuições a geração de trabalho, emprego e renda; proteção e apoio ao trabalhador; relações do trabalho; política salarial; formação e desenvolvimento profissional; imigração laboral economia solidária, cooperativismo e associativismo e mobilidade da força de trabalho no território nacional.

Fonte: Diário do Amapá