Google+ Followers

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Cerest capacita para integrar novas instituições do Estado à Rede Sentinela

O Centro de Hemoterapia e Hematologia do Amapá (Hemoap) está a um passo de ser reconhecido como mais um dos integrantes da Rede Sentinela do Ministério da Saúde. O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador no Amapá (Cerest) vai promover na segunda-feira, 14, a capacitação dos profissionais do Hemocentro para a implantação do núcleo de vigilância dentro da instituição. A capacitação ocorrerá das 7h30 às 9h30, no próprio Hemoap.
A Rede Sentinela tem como objetivo promover a qualidade dos serviços hospitalares e a vigilância dos produtos utilizados em serviços de saúde, e assim garantir mais segurança e qualidade para pacientes e profissionais da área.
A Rede é composta por unidades de saúde que identificam, investigam e notificam, quando confirmados, os casos de doenças, agravos e/ou acidentes relacionados ao trabalho. No Amapá, já são mais de 20 unidades cadastradas na Rede Sentinela, todas localizadas em hospitais e unidades de saúde.
Além do Hemoap, o Cerest também realizará capacitações no Centro de Referência em Doenças Tropicais(CRTD), Centro de Referência em Tratamento Natural (CRTN) e Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec). No CRTN, a capacitação dos profissionais ocorrerá nos dias 15 e 16.
O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador é um polo da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) destinado às ações que promovam a saúde do trabalhador, e uma delas é a redução de acidentes de trabalho e as chamadas doenças ocupacionais.
O Cerest assume, ainda, a função de monitoramento e avaliação da rede de serviços sentinela para a saúde do trabalhador no Estado.
Fonte: Agência Amapá