Google+ Followers

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Queimadas na Região Norte: Roraima e Tocantins ocupam primeira e terceira posição no ranking de queimadas do Brasil

Roraima e Tocantins ocupam o primeiro e terceiro lugar no ranking de queimadas do Brasil,  respectivamentes. Os dados foram divulgados pela Defesa Civil na última quinta-feira (30).

No Tocantins por exemplo, o clima no estado está registrando temperaturas cada vez maiores e sem previsão de chuvas, fatores que aumentam os riscos de queimadas. De acordo com o meteorologista José Luís Cabral, do Núcleo Estadual de Meteorologia (NEMET) da Universidade do Tocantins (Unitins), existe uma grande massa de ar quente e seca cobrindo toda a região central do país, abrangendo também o estado do Tocantins.

Com a intensificação do período de estiagem a Defesa Civil orienta a população sobre os cuidados necessários por causa dos baixos índices da umidade relativa do ar. Com a chegada do período de férias é preciso estar atento aos longos períodos de exposição ao sol, como também às doenças respiratórias e desidratação.

O órgão também informa que o tempo seco aumenta o risco de incêndios florestais e recomenda que a população evite fazer fogueiras e também não jogue pontas de cigarros para fora dos veículos.

Além disso, os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios deverão ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça. Para a população em geral, não colocar fogo em folhas ou galhos secos e principalmente nos terrenos baldios.
Esse aumento das queimadas nos estados da região norte é praticamente geral, observando o período da chegada do Verão, correspondente ao período de seca na região, devendo ainda ser levado em conta a questão cultural de queimadas por caçadores e pequenos agricultores rurais.

No Amapá em 2015, houve registros de incêndios em 15 dos 16 municípios, um percentual de 94% de todos osmunicípios do estado.